quarta-feira, 30 de maio de 2012

O Cabo Branco (Paulo Miranda)

Olá Pessoal! Fui conhecer o Farol de Cabo Branco em João Pessoa - PB e no local havia uma placa com o soneto "O Cabo Branco" de Paulo Miranda, o qual resolvi compartilhar com vocês:





O Cabo Branco
(Soneto de Paulo Miranda)

Soprado pelos ventos de outros mundos,
E gerado na existência de outras eras,
O Cabo Branco na passagem dos segundos
Vai assistindo o passar das primaveras.

Desafiando a própria natureza,
Sua ponta ligando o continente;
Sublime, senhor desta grandeza
Banhado pela luz do sol nascente.

E a sutileza das ondas lhe beijando,
Vai uma, vem outra, se evolando,
Se esvaindo no espaço cor de anil.

E do verde da flora ele se veste,
Recebe o soprar do vento agreste,
Este acidente geográfico do Brasil!



Caso alguém tenha ficado curioso sobre o farol, segue uma foto dele também:



                                                               



O Farol do Cabo Branco localiza-se sobre uma falésia na praia de Cabo Branco, no bairro de mesmo nome, em João Pessoa, capital do estado da Paraíba. Situa-se cerca de 800 metros ao norte da Ponta do Seixas, o ponto mais oriental do Brasil continental. É um dos mais importantes e visitados cartões Postais da Capital Paraibana.
Com uma torre triangular em concreto, três projeções pontiagudas em forma de asa a 3,5 m do chão, o farol é pintado de branco com uma faixa horizontal preta logo acima das asas. Há décadas, muito antes de a cidade de João Pessoa entrar no roteiro turístico, o Farol do Cabo Branco já era conhecido por marcar "o ponto mais oriental das Américas".
O projeto do monumento é de Pedro Abraão Dieb, professor aposentado do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), que faleceu no dia 26 de novembro de 2007, em João Pessoa. Foi inaugurado em abril de 1972, governo de Emílio Médici, plena ditadura militar. O Farol do Cabo Branco tem uma forma triangular única no país. Os seus projetistas tiveram a intenção de representar uma planta de sisal, ao desenhar o farol. O sisal representou um dos ciclos econômicos mais duradouros e lucrativos no estado da Paraíba.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Farol_do_Cabo_Branco



Um comentário: